Sou vegetariana por amor aos animais

Sou vegetariana por amor aos animais
COLHER OU MATAR, a escolha é sua
"Se os matadouros tivessem paredes de vidro
todos seriam vegetarianos."

(Paul e Linda Mc Cartney)



Seguidores

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Filmagem secreta mostra experiências com macacos na Alemanha




Veja aqui

Um vídeo secreto (veja no fim da matéria), exibido na última quarta-feira (10.09), pelo canal de TV RTL em Stuttgart, Alemanha, tem causado muita discussão entre as autoridades . Com nome falso e portando uma câmera escondida, um ativista pelos direitos animais gravou imagens raras sobre as condições e o tratamento dados aos macacos utilizados para experimentação científica.
As imagens obtidas no Instituto Max Planck, em Tubingen, Baden-Würtemberg, mostravam os animais ensanguentados e visivelmente angustiados com o experimento, que tinha como objetivo analisar os processadores cibernéticos do cérebro. Muitos dos animais foram vistos com contrações incomuns embutidas na cavidade cerebral, enquanto outros foram largados em gaiolas sem comida ou água, como forma de obrigá-los a obedecer às regras. Aqueles que não obedeciam eram puxados das gaiolas por pinças gigantes.
De acordo com dois grupos que organizaram a operação, a União Britânica pela Abolição da Vivissecção (BUAV) e o Soko TierSchutz , alguns dos macacos estavam no laboratório há anos e foram sujeitos às experiências diversas vezes.
Políticos e grupos alemães de direitos classificaram tal experimento como cruel e impiedoso.
"Você pode pesquisar por anos, décadas, e não ter nada para dizer sobre os resultados reais desses testes" disse a ativista Cornelie Jäger. "Você não precisa mostrar nenhuma descoberta, apenas continua dizendo: 'isso é pesquisa básica.'"
Nicole Maisch, membro do Partido Verde, disse à Stern TV que "tais situações não deveriam existir. Alguma coisa está errada. Nós vimos imagens que vão contra a lei." No entanto, conselhos reguladores da cidade dizem que a experimentação é completamente legal”.
Os macacos, que foram importados da China e Ilhas Maurício, foram sedados para, em seguida, serem submetidos a implantes conectados em suas cabeças. A filmagem também mostra algumas das reações dos animais ao notarem o implante de plástico dentro de seus crânios. Alguns, em vão, tentavam arrancar os objetos que causavam coceiras excessivas e muita perda de sangue.
Ao longo da filmagem, o ativista também capturou cenas em que os macacos se mostravam incapazes de realizar funções normais, como andar ou usar os braços, além de muitas feridas infeccionadas em suas cabeças.
"Esses experimentos chocantes ainda acontecem porque a lei de experimentos animais alemã falhou em estabelecer a indispensável aceitabilidade ética de experimentação," escreveu Christina Ledermann, vice-presidente da Associação Federal de Pessoas pelos Direitos animais, em um blog.
Para ‘contornar’ a situação perante a sociedade, autoridades locais prometeram cobrar uma postura dos laboratórios para aplicações de testes dentro do Ato de Bem-Estar Animal, conforme a legislação do país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário