Sou vegetariana por amor aos animais

Sou vegetariana por amor aos animais
COLHER OU MATAR, a escolha é sua
"Se os matadouros tivessem paredes de vidro
todos seriam vegetarianos."

(Paul e Linda Mc Cartney)



Seguidores

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Boi consegue fugir de matadouro no interior de São Paulo, mas é morto a tiros

Boi consegue fugir de matadouro da JBS-Friboi no interior de São Paulo, mas é morto a tiros

Chefe da segurança da JBS-Friboi teve arma apreendida
Fonte: Vista-se
Com pouco mais de 50 mil habitantes, Andradina fica no extremo oeste do estado de São Paulo, distante cerca de 630 km da capital. Na tarde dessa quarta-feira (4), a cidade assistiu a uma cena de horror proporcionada pelo consumo de carne.
Um boi de aproximadamente 450 kg conseguiu fugir quando era desembarcado na unidade local do matadouro JBS-Friboi, uma das maiores plantas da empresa no país. O animal pulou uma cerca e saiu correndo para a área urbana. O chefe da segurança da JBS-Friboi perseguiu o animal com uma caminhonete e acertou nele diversos tiros com uma arma calibre 22. Apesar de muito ferido, o animal continuou fugindo.
A Polícia Militar foi chamada e encontrou o animal acuado em um terreno baldio. Como o boi já estava bastante ferido e, segundo a PM, oferecia risco aos moradores, a solução encontrada foi atirar no animal com uma carabina CT 30. Foram 3 tiros na cabeça para que ele moresse. A própria empresa retirou o corpo do boi do local.
O chefe da segurança da JBS-Friboi, que perseguiu o animal e disparou várias vezes contra ele, foi encaminhado à delegacia para averiguação de porte de arma e por ter efetuado disparos em via pública. Não foi informado se ele tinha porte de arma, mas foi paga uma fiança – cujo valor também não foi revelado – e o ele vai responder em liberdade a um processo. A arma usada, uma espingarda calibre 22, foi apreendida pela polícia.
Um vídeo publicado no Facebook mostra os últimos momentos do boi, que buscava a liberdade. As imagens são fortes.
Assista ao vídeo | Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário