Sou vegetariana por amor aos animais

Sou vegetariana por amor aos animais
COLHER OU MATAR, a escolha é sua
"Se os matadouros tivessem paredes de vidro
todos seriam vegetarianos."

(Paul e Linda Mc Cartney)



Seguidores

domingo, 9 de dezembro de 2012

Assim começa a sua ceia de Natal...



Perus são selecionadas geneticamente para a produção de carne e para engordar no período mais curto de tempo possível.
Na natureza, eles teriam uma vida natural de aproximadamente 10 anos, mas são abatidos entre 13 - 24 semanas. Neste curto período, crescem quase o dobro do tamanho dos seus antecessores de apenas 25 anos atrás. Como consequência, suas pernas se tornam incapazes de suportar o enorme peso do músculo do peito ou para sustentar a postura normal e os movimentos dos membros.
Condições insalubres e superlotados significa que a doença entre perus comerciais é generalizada, resultando em aproximadamente 2,7 milhões de perus (ou 7% do total) morrendo em seus galpões a cada ano. Pés e  pernas com  deformidades, estresse por calor e fome causadas pela incapacidade de aves imaturas para encontrar os comedouros e  bebedouros são comuns. Pés ulceradas e queimaduras jarrete são comuns - causada pelo contato contínuo com cama contaminada por urina e fezes.
O crescimento acelerado dos perus modernos significa que os machos são agora animais com um peito demasiadamente grande  impedindo-os de reproduzir-se naturalmente.
Perus tem que ser artificialmente inseminadas para reproduzir ... Os machos são "ordenhados" e seu sêmen inserido nas fêmeas através de tubos e cateteres.
Uma vida de intenso sofrimento para essas criaturas inocentes apenas para que os humanos "comemorem" o nascimento de Jesus na "santa (???) ceia de Natal com um cadáver de um gordo peru  no centro da mesa onde oram compenetrados...
*Animal Aid Informações

Nenhum comentário:

Postar um comentário