Sou vegetariana por amor aos animais

Sou vegetariana por amor aos animais
COLHER OU MATAR, a escolha é sua
"Se os matadouros tivessem paredes de vidro
todos seriam vegetarianos."

(Paul e Linda Mc Cartney)



Seguidores

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Deputado Feliciano Filho apresenta PL para implantar Segunda sem Carne em São Paulo



Leia mais aqui


No final de setembro, o Deputado Estadual paulista Feliciano Filho (PEN-SP), conhecido pela sua atuação na área da proteção aos animais e ao meio ambiente, protocolou o Projeto de Lei que institui a Segunda Sem Carne em todos os estabelecimentos ligados aos órgãos públicos estaduais (PL 580/2012).
Se a lei for aprovada, a carne estará fora dos pratos de restaurantes, lanchonetes, bares, escolas, refeitórios e estabelecimentos similares que exerçam suas atividades nos órgãos públicos do Estado, pelo menos uma vez por semana.
A iniciativa vem menos de um ano depois da determinação da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo de que todas as unidades de ensino sob sua gestão passariam a ter pelo menos uma refeição sem carne por semana (veja matéria aqui).
Agora em nível estadual, o objetivo é chamar a atenção da sociedade para as conseqüências do consumo de carne e de seus derivados, relacionando tal questão diretamente aos direitos dos animais, à crise ambiental, ao aquecimento global, à perda de biodiversidade, às mudanças climáticas e às diversas doenças que afligem a população humana, incluindo doenças cardiovasculares, doenças crônicas degenerativas, colesterol elevado, diversos tipos de câncer e diabetes.
Conforme apontado pelo relatório da WWF sobre a Pegada Ecológica de São Paulo, publicado neste ano, o consumo de carne do cidadão paulista responde por grande parte da sua pegada ecológica, isto é, da sua demanda por recursos naturais. 59% (quase dois terços) de toda essa pegada vem da demanda por pastagens, pesca e agricultura (sendo que a maior parte da agricultura é utilizada para produzir ração animal e, em última instância, carne e outros produtos animais). Não é à toa que a própria WWF recomenda, no mesmo relatório, a adoção da Segunda Sem Carne.

Nenhum comentário:

Postar um comentário