Sou vegetariana por amor aos animais

Sou vegetariana por amor aos animais
COLHER OU MATAR, a escolha é sua
"Se os matadouros tivessem paredes de vidro
todos seriam vegetarianos."

(Paul e Linda Mc Cartney)



Seguidores

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Razões para não comer carne

Esse é seu bife mal passado
Nunca se perguntou o horror que é ser conivente com essa atrocidade?


Depoimento de Aroldo J Piacesi:
"Eu já não como carne há algum tempo por algumas razões, alguns motivos: posso citar entre elas, mas na ordem de prioridades":
1) Bom senso - somos constituídos (nossa fisiologia) de hidrogênio e oxigênio (66%) e diversos minerais. A carne que nos compõe é somente o revestimento e não nosso sustento;
2) Desenvolvimento racional - os animais também precisam evoluir;
3) Discernimento - sacrificar animais domésticos ou selvagens, aves ou peixes (derramamento de sangue) para nossa alimentação não é justo;
4) Fé - baseado no quinto mandamento da lei de Deus, trazida por Moisés: "Não Matarás." - Não mato, mas o consumo leva forçosamente à matança.
5) Respeito - não fazer a outrém o que não deseja para si mesmo;
6) lógica - há milhares de alimentos não "carnais" para suprir a necessidade humana. Não precisamos de carne.
7) Psicológica - essa dependência à carne, é psicológica. É o mesmo que o indivíduo que fuma ou bebe, por exemplo, dizer que não consegue parar (de fumar ou beber). É ser dominado por um impositivo maléfico - o mal é bom e dá prazer; o bem demora a aparecer.
8) Moral - se pretendo me elevar moralmente, devo iniciar meu próprio processo de mudança de comportamento, inclusive e principalmente, o alimentar.

Aroldo J Piacesi

Um comentário:

  1. Concordo com você em não comer carne Aroldo.
    Porém dois fatores não estão corretos:
    O número 4) Fé - Na verdade se for conferir em êxodo 20 esse é o sexto mandamento que Deus deu a Moisés, o quinto é honrar pai e mãe, essa ´mudança´ de lei foi feito erroneamente pela igreja católica.
    E o numero 2) des, racional. Se você cre em Deus não pode crer na teoria evolucionista, e sim no criacionismo.
    Mais muito bom seus argumentos. Parabéns

    ResponderExcluir