Sou vegetariana por amor aos animais

Sou vegetariana por amor aos animais
COLHER OU MATAR, a escolha é sua
"Se os matadouros tivessem paredes de vidro
todos seriam vegetarianos."

(Paul e Linda Mc Cartney)



Seguidores

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Segunda sem Carne será lançada hoje em Piracicaba




Ivana Maria França de Negri

O que é a Campanha Segunda sem Carne? Muita gente há de ficar curiosa e vai perguntar, por que só na segunda-feira? Que diferença um dia faz?
Essa campanha começou na Inglaterra por iniciativa do ex-beatle Paul MacCartney e se espalhou pelo mundo. Muitas capitais aqui no Brasil já aderiram com sucesso, tais como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, para citar algumas.
Não se trata de convencer ninguém a ser vegetariano. É apenas um dia da semana dedicado à conscientização e à reflexão, e também para conhecer novos sabores e abrir a mente a novas ideias.
A iniciativa é da Sociedade Vegetariana Brasileira, uma ONG sem fins lucrativos que tem também um grupo formado em Piracicaba.
O lançamento oficial será na segunda-feira, 3 de outubro, na sede da APM/Piracicaba com a presença da presidente da SVB, mas a campanha é de caráter permanente e vai ampliar ações e firmar parcerias ao longo de seu desenvolvimento.
Em várias cidades essas parcerias vão crescendo. São restaurantes, estabelecimentos comerciais, refeitórios, cantinas, escolas, todos vão aderindo à campanha incluindo opções vegetarianas às segundas-feiras em seus cardápios, oferecendo promoções e descontos em produtos de origem não cárnea.
E por quê? O lema da campanha é: “Segunda sem carne pelo planeta, pelas pessoas e pelos animais”.
Pelo planeta porque a criação de gado é a maior causa de desmatamento, cerca de 75% da derrubada das florestas é para criar pastos. Porcentagem maior do que das próprias madeireiras. E além disso, os gazes expelidos pelos animais são responsáveis pelo aumento do efeito estufa.
Grande parte dos grãos produzidos no planeta vai para alimentar o gado cuja carne se apresenta apenas na mesa dos ricos. E bilhões de pessoas morrem de fome no mundo quando esses mesmos grãos poderiam saciar-lhes a fome. Isso sem falar no desperdício dos recursos não renováveis, como a água, nesse processo todo.
Pelas pessoas, porque não é novidade para ninguém, e todos especialistas têm ciência disso, que a gordura animal contribui para o aumento de cânceres diversos e outras doenças como diabetes, hipertensão arterial, obesidade, doenças cardiovasculares, entre outras.
E pelos animais, pois eles são os maiores injustiçados, vítimas da indústria da carne. São confinados, marcados a ferro incandescente e castrados sem anestesia para não encarecer o produto final e sofrem todo tipo de maus tratos, mutilações que são rotineiras nessa indústria cruel e sem ética. Animais são tratados como produtos, visa-se somente o lucro e o sofrimento deles é irrelevante.
Em parcerias com as Secretarias da Saúde, da Educação e do Meio Ambiente, pretende-se ampliar apoios. Oferecer produtos à base de soja às segundas-feiras na merenda escolar da rede de ensino seria uma ótima opção para apresentar às crianças novos sabores, e a soja é um alimento saudável, nutritivo e isento de gorduras.
Essas ações já são corriqueiras em países da Europa e a SVB pretende trazer para o Brasil novas ideias.
E agora respondo a pergunta inicial. Que diferença um dia faz? Muita!!!
Aderindo à campanha estaremos contribuindo para um meio ambiente mais equilibrado, para melhoria da nossa própria saúde e pelo bem estar dos animais, seres tão injustiçados e vítimas de uma indústria sem ética e sem escrúpulos


Um comentário:

  1. Aos organizadores desse evento, parabéns! Parabéns pela iniciativa, pelo amor aos animais e pelo respeito à vida!!!

    ResponderExcluir