Sou vegetariana por amor aos animais

Sou vegetariana por amor aos animais
COLHER OU MATAR, a escolha é sua
"Se os matadouros tivessem paredes de vidro
todos seriam vegetarianos."

(Paul e Linda Mc Cartney)



Seguidores

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Falta de água pode tornar o mundo vegetariano


Leia mais clicando aqui

Segundo novo estudo, mudança radical de hábitos será necessária para garantir a segurança alimentar da população mundial, que deverá chegar a 9 bilhões em 2050

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Amor, tolerância, respeito e conscientização essa poderá ser a mudança...


por Marlene Amara Antara

Meu grande sonho é que todos fossem ao menos sensíveis com os animais abandonados e depois que todos se tornassem ao menos vegetarianos, mas infelizmente isso parece estar longe de se ver esse sonho realizado. Mas isso não me dá o direito de ficar amaldiçoando quem come carne, especialmente a de animais domésticos. Vejo pessoas amaldiçoando os Chineses ou outros povos que infelizmente não tem sensibilidade pela vida. Mas há muitos chineses sensíveis, temos o caso daquela Sra. que tem centenas de cães em um país onde eles são alimento. Vemos ONGS heroínas que lutam contra a matança de golfinhos, e temos que ter em mente que um protesto no Japão não é tão simples como no Brasil, eles correm risco de vida. Infelizmente não nasci vegetariana/vegana, me tornei vegetariana, também fiz parte dessa massa inerte e inconsciente por muitos anos. Acordei, então tenho que ter paciência e tolerância com os que possivelmente acordarão um dia. 

Por isso, procuro conscientizar, acho que faremos mais tentando conscientizar que atacar. Felizmente, não podemos julgar toda nação chinesa por alguns, apesar de saber que grande parte dos chineses comem tudo que se move, temo que qualquer hora comam até gente, já que comem animais de estimação.

Há alguns anos atrás saiu em todos jornais do mundo (inclusive pus no meu blog) o caso de um chinês que salvou uma cobra ferida e ela não quis mais ir embora, e essa cobra salvou sua mãe de um incêndio. Veja você, eu não tenho o coração tão puro para cuidar de uma cobra, com certeza se encontrar uma vou correr, não vou matá-la. Mas vou fugir como uma covarde, já fiz isso, não sei se ela precisava de ajuda, mais eu precisava porque corri covardemente, aliás ela correu para um lado e eu para outro, ambas com medo uma da outra.

Estou me afastando de pessoas que destilam ódio contra as coisas que elas consideram erradas, o ódio não vai levar a nada, conscientização sim. Além dos brasileiros comerem carne sabemos que muitos comem gato e cão também, todos acham “estranho”, mas não acham estranho abandonar animais nas ruas depois de tê-los por anos por estarem velhos ou doentes, não acham estranho e imoral cuidar de seu animal mas afugentar, jogar água quente e tantas barbaridades em um animal doente. Amam seu animalzinho, mas não afagam um animal abandonado sarnento ou faminto. Você mesmo teve uma experiência muito triste, ama o seu animal, mas não lhe permite amamentar pequenos órfãos que sem uma mãe adotiva morrerão, me diga amiga não é muita hipocrisia da “nossa” parte?

Temos muito que aprender e isso deverá passar pela tolerância. Mas isso não significa que não temos que ir à luta, as ruas para tentar amenizar e acabar com todo esse sofrimento. Vejo pessoas xingando até a própria sombra, mas não sai do conforto do seu sofá para ir às ruas na hora que é convocada, não sou adepta a quantidade, mas na proteção animal quantidade pode fazer a diferença, pois os assassinos que só pensam em lucro não desejam perder consumidores, e creio que podemos fazer mudanças substanciais indo as ruas, dia 22 de setembro temos a oportunidades de fazer a diferença, mas por outras convocações vi pouca gente aderir, mas vejo muitas xingando.

Ontem uma pessoa me disse que não vai as convocações porque é esse ou aquele grupo que promove, sinceramente, há alguns grupos que me causam ojeriza, pois alguns são arrogantes demais, nos tratam como simples objeto de seus objetivos, mas depois de muito “brigar” comigo mesma me perguntei: você está indo a essas convocações, assinando petições, enviando e-mails para seu prazer ou reconhecimento pessoal ou pelos animais? Essa pergunta mostrou claramente que eu estava me comportando como eles. Resolvi o seguinte: os animais é que importam, se essas ações vão ajudar os animais não importa quem as faz, os animais é que são o objetivo. 

Amor, tolerância, respeito e conscientização essa poderá ser a mudança...

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Fábrica de bolsas de couro de cobra na Indonésia

Veja como funciona esse abatedouro de cobras onde até crianças são empregadas ganhando quase nada.
Não use, não compre, não estimule esse mercado cruel que causa dor, sofrimento e danos ambientais.
Vamos usar bolsas de couro vegetal, de tecido ou outro material sintético.




















Fonte: UOL

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Europa faz reunião de emergência sobre caso da carne de cavalo


Os ministros da Agricultura da Europa se reúnem nesta quarta-feira (13) em caráter de emergência para analisar as medidas que devem ser adotadas após o escândalo provocado pela descoberta de carne de cavalo, comercializada como carne bovina em alimentos processados.
Bruxelas convocou uma reunião extraordinária às 16h30 GMT (14h30 de Brasília) entre os países afetados (FrançaReino UnidoLuxemburgoSuéciaRomênia e Polônia), além da Irlanda, que tem a presidência semestral da UE, ante o impacto da fraude.
No entanto, nenhuma decisão será adotada nesta quarta-feira.
O presidente francês, François Hollande, afirmou que o caso era "grave" e comemorou a decisão dos ministros de assumir o comando do assunto.

"O presidente da República destacou que é um caso grave para a confiança dos consumidores e potencialmente grave para o setor francês (da carne)", afirmou o porta-voz do governo, Najat Vallaud-Belkacem.
Cada vez mais pressionada, a Comissão Europeia não descartou a possibilidade de tornar obrigatória a menção sobre o local de origem da carne nas embalagens das comidas processadas, ante o escândalo da carne de cavalo classificada como carne bovina em alimentos congelados.
(foto Google
Fonte: G1
Comentário:
Não vejo porque tanto alarde. As pessoas comem bois, carneiros, porcos, galinhas, coelhos...Qual a diferença se comerem cavalos também? 
Não deveriam comer carne nenhuma! Comer animais é algo que reporta à Idade das Cavernas.

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Morre maior crocodilo do mundo


O animal foi capturado em setembro de 2011 por ser suspeito de matar e devorar um pescador e uma criança de 12 anos. Ele era mantido em cativeiro em Bunawan, pequena cidade da Ilha de Mindanao.
O crocodilo chamado de “Lolong” foi considerado pelo livro dos recordes Guinness o maior em cativeiro em 2012, destronando “Cassius”, que tinha 5,48 m e que vive em um parque na Austrália. 
(Fonte: G1)
Lolong quando foi capturado

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Viajando pela África do Sul - 2


Viajando pela África do Sul – Parte 2

Por Mais Cultura em 8 de fevereiro de 2013.

africa 1
Por: Ivana Maria França de Negri

Viajar é sempre enriquecedor e mágico. Em cada viagem, descobrimos coisas novas, conhecemos povos, costumes, tradições e culturas diversas.
africa 2
A ideia que a maioria das pessoas tem da África é de aborígines em aldeias e florestas intocadas cheias de animais selvagens, inclusive, quando eu contava para os amigos que iria passar o réveillon na África do Sul, muitos aconselhavam: tome as vacinas necessárias porque lá há muitas doenças, use repelentes contra insetos e tenha cautela com alimentos.
africa 25
africa 20
Por incrível que pareça, não levei uma única picada de inseto, mesmo dentro das reservas naturais onde se realizam os safáris fotográficos. Onde sempre levo centenas de picadas de borrachudos e pernilongos é no litoral norte aqui em São Paulo mesmo. A comida africana é excelente, variada e ninguém passou mal, mesmo com os excessos.
africa 3
africa 4
africa 6

72197_10151248196953576_1709261560_n
Por causa da colonização holandesa, francesa e inglesa, Cape Town, uma grande metrópole rodeada de montanhas e praias, tem muita gente loira ou ruiva e de olhos claros nas ruas. Os negros ainda são na maioria os serviçais, motoristas, cozinheiros, garçons, camareiras, pois o Aparthaid vigorou até 1994, uma injusta e imoral segregação racial. Mas o povo africano é alegre, sorridente, simpático e acolhedor.
africa 21
Em Cape Town, tem-se a impressão de estar numa cidade europeia tal a limpeza das ruas, banheiros públicos impecáveis e as ruas arborizadas e sem fiação elétrica, já que os fios são subterrâneos e invisíveis. É considerada uma das cinco cidades mais bonitas do mundo, paraíso dos surfistas por causa das ondas gigantes.
Shoppings centers de primeiro mundo abrigam lojas de grifes famosas internacionais, como em Londres, Roma ou Paris. Mas o que me encantou mesmo foi o artesanato local, nas feirinhas.
africa 7
Nada made in China, tudo artesanal, colorido e bem feito. Dava vontade de encher as malas com aquelas coisas lindas! Animais perfeitos entalhados em madeira, bijuterias coloridas, quadros, roupas e utensílios diversos.
africa 8
africa 9
Da janela do hotel dava para visualizar o cais com centenas de navios ancorados, a famosa Table Mountain, onde se sobe de funicular para pegar o bondinho.
africa 12

africa 10
A vista do alto é magnífica. Tem uma roda gigante, réplica em escala menor da London Eye, e dá para avistar até o gigantesco estádio que foi utilizado na última Copa do Mundo.
O mar, de um verde intenso, abriga a diversidade da vida marinha. O passeio de barco até a Ilha das Focas é maravilhoso.
africa 11
Centenas de delas em seu habitat natural. E também há o Vale dos Pinguins onde a gente se encanta com essas aves desajeitadas e simpáticas, ora em terra, ora na água.
africa 13

africa 14
No centro da cidade localiza-se o famoso Hospital Somerset, onde o cirurgião sul-africano Christian Barnard realizou o primeiro transplante de coração do mundo.
O Oceano Atlântico faz divisa com o Oceano Índico, e é lá que se localiza o marco do Cabo da Boa Esperança, que todos estudamos nos bancos escolares.
africa 15
Assim como na Índia Gandhi é idolatrado, na África eles veneram Nelson Mandela. E existem muitas estátuas e monumentos em sua homenagem em todos os lugares, pois combateu corajosamente o Apartheid e ficou preso injustamente por quase 30 anos por lutar pela paz do povo africano e contra o preconceito.
africa 16
O trânsito flui bem, apesar da mão de direção ser como na Índia e Londres. Difícil assimilar essa mão contraria para quem está acostumado dirigir no Brasil.
Cape Town é uma das poucas cidades do mundo que possui um hotel 6 estrelas.
afica 17
As vinícolas são um espetáculo à parte, e para alegria dos turistas, abertas à degustação de vinhos, brancos, rosés, tintos, frisantes. E no museu do Ouro, um prédio todo dourado, servem, aos sábados, vinho com pó de ouro aos visitantes!
Com esta segunda crônica, encerro minhas impressões de viagem sobre os lugares que visitei e me encantei na África do Sul, apesar de ter muito mais a contar!
africa 18
Ivana Maria França de Negri 
Imagens: arquivo pessoal