Sou vegetariana por amor aos animais

Sou vegetariana por amor aos animais
COLHER OU MATAR, a escolha é sua
"Se os matadouros tivessem paredes de vidro
todos seriam vegetarianos."

(Paul e Linda Mc Cartney)



Seguidores

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Monumento em homenagem aos animais abandonados



A protetora dos animais de  O Morrazo, Moaño, em Pontevedra, Espanha, inaugurou em março deste ano, o primeiro monumento espanhol dedicados aos animais abandonados.
A peça é obra da artista Marín Carmen Grandae, que a esculpiu em pedra doada pelo vereador e deputado José Fervenza. Ambos colaboraram de forma voluntária à iniciativa da presidente da Sociedade Protetora de O Morrazo, Lela Soage.
A escultura representa um cachorro sem raça definida, com um gatinho entre suas patas. Atualmente, a obra está exposta na orla marítima da cidade.
O monumento tem como objetivo ser uma recordação contra o abandono e maus-tratos aos animais. “Que as pessoas o vejam e saibam que os animaizinhos sofrem”, diz Soage, que começou a desenvolver a ideia de um monumento aos animais de rua há anos, enquanto cuidava de cerca de 200 cães no refúgio de Moaña.
“Cansada de estar ali dentro e testemunhar o sofrimento e sua tristeza, pensei que devia fazer alguma coisa para sensibilizar as pessoas que não tem essa consciência, as pessoas sem coração que abandonam os pobres animais”.

Leia mais aqui
 Leia mais aqui


quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Resgate espetacular



Um banqueiro viu, da janela do seu escritório, que uma ninhada de patinhos estava nascendo. 
Sabia que patinhos recém-nascidos seguiriam o chamado da mãe e se atirariam para fora do ninho para segui-la até a água. 
Mas o ninho da pata era na marquise do prédio, acima de uma calçada de concreto. 
O homem correu e veja só o que aconteceu !

Clique aqui e assista

sábado, 24 de novembro de 2012

Pão integral de microondas - com ovo e sem ovo

(fonte:Pitadinha)
Imagine só, você preparar o seu pãozinho todo dia na hora que você for tomar café. Imaginou? Ele quentinho, fofinho... Agora imagine mais: ele saindo do seu microondas, em pouco mais de 2 minutos. Se eu estou brincando? Não, gente, é sério, seríssimo, e esse pão é delicioso, saudável, prático, rápido, fofinho, e barato. Bom demais pra ser verdade né? 
Veja a receita:
  • 3 colheres de sopa de farelo de aveia
  • 3 colheres de sopa de fibra de trigo
  • 1 ovo (ou uma colher de sopa de linhaça triturada, hidratada por 2 minutos em 1/4 de xícara de água)
  • 2 colheres de sopa de iogurte natural (desnatado, de preferência)
  • 1 pitadinha de sal
  • 2 colheres de chá de fermento para bolo (químico)
  1. Escolha dois potinhos plásticos ou de vidro/cerâmica no formato desejado e unte com um tiquinho de nada de azeite/óleo (não precisa polvilhar, dá pra ver na foto que eu polvilhei porque fiquei com medo de grudar tudo, mas depois descobri que não precisa!)
  2. Misture todos os ingredientes com um fouet ou colher e divida a massa nos potinhos
  3. Leve para o microondas e asse por 2 minutos e 30 segundos na potência máxima (se ele não estiver totalmente assado, volte mais 30 segundos e vá ajustando ao tempo do seu microondas)
  4. Desenforme e recheie com o que quiser (rende dois pães)
Importante:
Na primeira vez que assei, ele virou uma pedra, pois a receita pedia que ficasse 5 minutos no microondas, por isso é importante considerar a primeira tentativa como um teste, depois você já vai saber o tempo correto pra você. Quem não tem microondas pode assar no forno convencional, só não sei dizer em quanto tempo ele fica pronto, então o ideal seria triplicar a receita, assar em uma forma maior e ir comendo em fatias ao longo da semana.

O farelo de aveia e a fibra de trigo são vendidos em casas de produtos naturais (eu comprei noMundo Verde). Trouxe 1/2kg de cada e gastei menos de R$ 5,00, quase o preço de um único pacote de pão integral no supermercado.

Para quem não come ovo: há como substituir o ovo na receita por linhaça. Basta colocar uma colher de sopa de farinha de linhaça em 1/4 de xícara de água e esperar dois minutinhos, que ela vira uma papinha grossa e aí é só acrescentar os demais ingredientes do pão. Mas a linhaça, pra ser adequadamente absorvida pelo organismo precisa de alguns cuidados: deve ser comprada em semente, triturada no liquidificador em casa e mantida na geladeira em pote hermeticamente fechado e escuro (nada de transparência) por no máximo uma semana. 

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

A CARNE É FRACA



Luzia Stocco

Dormes, meu bezerrinho, dormes
Sonhas com a mamãe
Amanhã voltas a pular
Nas gramas e plantações 

Brincarás com o cabrito Gero
Saltarás a cerca do senhor Serafim
Mas por ora, dormes
Dormes que a noite tem fim

E quando cresceres, sei eu,
Um lindo touro, garrote, serás
Ficarás tão grande, mas te peço
Foges pra bem longe, senão morrerás

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

"Minha comida se alimenta de fotossíntese. E a sua? Se alimenta da minha?!?"

Já ouvi e li essa frase em vários locais.
E além disso, vegetariano não come grama e sim um pouco de tudo o que não seja um defunto em decomposição ( massas, grãos, nozes, verduras, legumes, frutas)
 E encontrei esta resposta que achei bem interessante:"Minha comida se alimenta de fotossíntese. E a sua? Se alimenta da minha?!?"


quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Governo salda dívida do 3º maior matadouro do Brasil com dinheiro do contribuinte

Leia mais aqui


Boa parte do imposto que você paga é destinado a financiar a morte de animais

A presidente Dilma Rousseff decidiu ajudar o frigorífico Marfrig, que está com uma dívida de mais de 5 bilhões de dólates, segundo matéria publicada nesta terça-feira (05), no site da Revista Exame (leia aqui). Através do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), que já é o segundo maior acionista da Marfrig, o governo pretende injetar alguns milhões de reais do dinheiro público no matadouro. Sim, o governo do nosso país é um dos donos da Marfrig, que mata bilhões de animais, gera um prejuízo incalculável à Previdência Social em pensões por invalidez e outros incidentes e, de quebra, derruba gigantescas áreas de floresta para abertura de pastos.
Insistindo em sustentar uma indústria pouco sustentável, o Brasil destrói seu meio ambiente e mata bilhões de animais por ano para fornecer um produto final (carne) que custa muitas vezes mais para o país do que vale no mercado.(Fonte Vista-se)

sábado, 3 de novembro de 2012

Animais quase humanos


Não é possível afirmarmos  mais que não sabemos dessas realidades...
A mentalidade  humana tem que mudar!

Veja notíciário
Vista-se noticiário

Os seres humanos não são os únicos animais que têm consciência. A afirmação não é de ativistas radicais defensores dos direitos dos animais. Pelo contrário. Um grupo de neurocientistas — doutores de instituições de renome como Caltech, MIT e Instituto Max Planck — publicou um manifesto asseverando que o estudo da neurociência evoluiu de modo tal que não é mais possível excluir mamíferos, aves e até polvos do grupo de seres vivos que possuem consciência. O documento assinado no último sábado (7), em Cambridge, esquenta uma discussão que divide cientistas, filósofos e legisladores há séculos sobre a natureza da consciência e sua implicação na vida dos humanos e de outros animais.

Neurocientistas publicam manifesto afirmando que mamíferos, aves e até polvos têm consciência e esquentam debate sobre direitos dos animais